Dicas de Saúde

Como tratar a enxaqueca de maneira natural? - Dica de Saúde

A enxaqueca se apresenta com dores de cabeça muito intensas, acompanhadas de náuseas, enjoos, transtornos visuais e sensibilidade à luz; ainda que médicos possam prescrever um tratamento para a enxaqueca, existem  remédios e tratamentos naturais para aliviar seus sintomas.

DICAS PARA ALIVIAR A ENXAQUECA

GELO E ÁGUA
Nas regiões que doem, como a frontal da cabeça, podemos aplicar uma compressa gelada ou uma bolsa de gelo, que proporcionam uma sensação refrescante na pele; além disso, a terapia com gelo ajuda a aliviar a dor, mas não deixe por mais de 20 minutos seguidos em contato com a pele.

Beba água para hidratar o corpo, já que a desidratação é um dos fatores que ocasionam a enxaqueca, também evite consumir bebidas com cafeína, que podem piorar a dor e são desencadeiam a enxaqueca em muitos dos casos.

RELAXAMENTO
Pratique o relaxamento quando estiver na cama e feche os olhos; é importante que respire profundamente e se concentre em relaxar um grupo muscular por vez, até que haja relaxado todos os músculos do corpo.

DIETA
A dieta pode desempenhar um papel fundamental na prevenção e alívio da severidade de uma enxaqueca, por exemplo:

O cálcio tem propriedades antiespasmódicas e ajuda a aliviar a enxaqueca nas mulheres que passam pelo período pós-menopausa, e combinado com vitamina D, reduz significativamente a frequência, severidade e duração das dores de cabeça; os dois compostos podem ser encontrados em vegetais verdes, como espinafre, brócolis e couve, e alimentos fortificados com cálcio, como cereais. É importante evitar produtos lácteos, como queijos e leite.

O ômega-3 do azeite de peixe e as gorduras mono insaturadas do azeite de oliva podem ter um impacto benéfico nas dores de cabeça que tem como causa a enxaqueca. Adicione à sua dieta peixes, sementes e óleo de linhaça, óleo de canola e nozes.

Se você tem níveis de magnésio muito baixos e sofre de enxaqueca recorrente, é necessário que consuma alimentos ricos em magnésio ou suplementos, para prevenir a aparição da dor e aliviar episódios de enxaqueca.

O gengibre tem um efeito anti-inflamatório e anti-histamínico e pode inibir a dor de cabeça, se é ingerido assim que a dor começa.

ÓLEOS ESSENCIAIS
Os óleos essenciais não podem deter o processo de enxaqueca, mas podem ajudar a aliviar muitos dos sintomas. Podem ser aplicados na pele, adicionando umas gotas de cada óleo em um azeite portador, como o de amêndoas – 15 ml; também por meio de difusores, inalando em um pedaço de algodão, na água do seu banho, ou adicionados à compressas frias ou quentes.

– Óleo de menta ou gengibre para náuseas;

– Óleo de manjericão para cefaleia;

– Óleo de helichrysum para a inflamação;

– Óleo de eucalipto para enxaqueca com congestão;

– Óleo de camomila, lavanda ou salvia para relaxar numa crise de enxaqueca;

– Óleo de manjerona provoca um leve efeito sedativo.

CONTRAINDICAÇÕES
- Óleo de manjerona: não deve ser utilizado por mulheres grávidas.

- Óleo de manjericão: contraindicado para quem sofre convulsões.

- Óleo de salvia: contraindicado para quem está em período de lactação ou quem pretende consumir álcool.

- Óleo de menta: contraindicado para mulheres grávidas, pessoas que sofrem de vesícula biliar inflamada ou refluxo gastresofágico.

- Óleo de eucalipto: contraindicado para quem tem asma.

Procure sempre orientação médica.

primeira página 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 última página

CSPM 2019. Todos os direitos reservados | Produzido por: Agência CS Digital